As Principais Ameaças

 

Existem várias ameaças aos cetáceos em todo o mundo:

  • Capturas acidentais em redes de pesca;
  • Aumento do tráfego de embarcações, o que vem provocando colisões com baleias no mar;
  • Degradação do ambiente marinho por vários tipos de atividades humanas poluentes;
  • Os efeitos da mudança climática global sobre os oceanos.

A maioria das populações de baleias sobreviveu à pior de todas as ameaças: a caça comercial. A exploração irracional da carne e do óleo de baleia, entre os séculos XVI e XX, impactou gravemente as populações de baleias de todos os oceanos, eliminando algumas populações e levando as demais à beira da extinção.

Desde de 1987, a caça à baleia com fins comerciais foi proibida, mas, ainda hoje, o Japão caça baleias-minke, baleias-sei e cachalotes no Pacífico Norte e no Oceano Antártico, alegando fins científicos, enquanto a Noruega caça baleias-minke no Atlântico Norte, por contestar abertamente a proibição internacional.

Os cetáceos foram e ainda são caçados por países que vêem neles uma importante fonte de alimento ou de comércio.